Trensurb e metroviários avançam em acordo e possibilidade de greve é suspensa

por Felipe Faleiro

Os metroviários e o Trensurb avançaram em um acordo em reunião realizada no final da tarde desta segunda-feira (1º), na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), em Porto Alegre. Com isso, ao menos por enquanto, está descartada a possibilidade de greve, anunciada pelo sindicato na sexta-feira (28). A paralisação iniciaria na quarta-feira (3).

Pelo acerto entre as partes, o acordo formal referente à negociação das escalas de trabalho será renovado até 30 de novembro. Dois novos encontros devem ser realizados na sexta (5) e segunda-feira (8), esse último com mediação do TRT-4, e o compromisso do sindicato defender junto aos seus associados a não paralisação conforme divulgado anteriormente.

No início da tarde desta segunda-feira, a direção da Trensurb divulgou nota reafirmando que o acordo de escalas firmados com o Sintec-RS e Sindimetrô-RS permaneciam em vigor, e que não havia em nenhum momento discussão sobre mudança nas escalas de trabalho da área operacional e administrativa, ou seja, sem repercussão para esses empregados.

A empresa disse, ainda, que o tema que ainda estava em discussão nas reuniões da Comissão de Negociação, é a necessidade de readequar a carga horária da escala fixa noturna (Sevip, Senerg e Sesin), buscando atender as necessidades da Trensurb e o interesse dos empregados alocados nessa escala (aproximadamente 40 pessoas), representados por esses sindicatos.

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários