Primavera pode ter chuva acima do normal e ocorrência de El Niño

por Jornal Canudos

A estação mais florida do ano começa oficialmente nas áreas do globo abaixo da linha do Equador no sábado (22), às 22h54. A primavera costuma encher as ruas, praças e casas de cores, com a aproximação de períodos mais quentes.

A ocorrência maior de dias e noites agradáveis, em substituição ao frio intenso, é uma característica da estação, e, neste ano, não deve ser diferente. Conforme o encarregado da Estação Climatológica de Campo Bom, referência para a região, Nilson Wolff, episódios gelados podem, sim, acontecer até o final de outubro.

“Gradativamente vai esquentando ao longo do período, mas há possibilidade, inclusive, de haver geadas nas serras gaúcha e catarinense”, afirma. Segundo ele, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) lançou um prognóstico climático para a próxima estação há poucos dias.

El Niño

“Os modelos analisados indicam aumento da temperatura da superfície do mar sobre o Pacífico Equatorial para o trimestre de setembro a novembro de 2018, indicando a previsão de uma possível ocorrência do El Niño para este trimestre, embora ainda não seja possível estimar a sua intensidade desse episódio”, comenta.

Caso se confirme, Nilson diz que o fenômeno pode trazer durante a primavera, como é o habitual, um aumento de chuvas na região Sul do Brasil. Já as temperaturas devem mesmo ficar dentro da média normal histórica.

Já o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) alertou que, na região, é possível que haja aumento de raios e ainda os chamados “complexos convectivos”, sistemas que provocam grande quantidade de chuva em períodos relativamente curtos.

O primeiro dia da nova estação é marcado pelo chamado equinócio, ou seja, período em que os dias e noites têm a mesma duração, de 12 horas cada. A primavera avança até 21 de dezembro, quando dá lugar ao verão.

 

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários