Em dez anos, taxa de homicídios aumenta 58% no RS

por Jornal Canudos

O Rio Grande do Sul teve aumento de 58% na taxa de homicídios entre os anos de 2006 a 2016, segundo dados do Atlas da Violência 2018, divulgado na terça-feira (5). Conforme a publicação, feita pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) com base em levantamentos do Ministério da Saúde, foram 28,6 assassinatos a cada 100 mil habitantes em 2016, contra 18,1 dez anos antes.

A taxa no estado teve variação positiva de 9,2% entre 2015 e 2016, e 47,7% entre 2011 e 2016. Já em relação ao número de mortes por homicídio, houve crescimento ainda maior, de 62,6% no mesmo período. Foram registrados 3.225 assassinatos em 2016, e 1.983 no ano de 2006. Entre 2015 e o ano seguinte, o número de homicídios teve aumento de 9,5% no Rio Grande do Sul.

Conforme o relatório, onze estados apresentaram crescimento gradativo da violência letal nos últimos dez anos. Com exceção do Rio Grande do Sul, todos os demais se localizam nas regiões Norte e Nordeste do país.

Ainda assim, o RS ficou, em 2006, abaixo da média nacional, que é de 30,3 homicídios a cada 100 mil habitantes, e na vigésima colocação entre os estados brasileiros. No país, houve crescimento de 14% nas mortes violentas entre 2006 e 2016; 5% entre 2015 e 2016 e 10,5% entre os anos de 2011 e 2016.

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários