Sartori fala em “ano de transformações” em discurso a jornais do interior

por Jornal Canudos

Jornalistas e representantes da Associação dos Jornais do Interior do Rio Grande do Sul (Adjori-RS) participaram, na terça-feira (27), de um almoço no Galpão Crioulo do Palácio Piratini, em Porto Alegre, com a presença do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, e integrantes do governo do Estado. O Jornal Canudos, que é filiado à Adjori, esteve representado pelo diretor, João Valderi dos Santos, e o repórter Felipe Faleiro.

Segundo Sartori, em discurso no encontro, o governo atual tem como marca a “transparência com a população”. “Percorremos o Estado, revelando a situação econômica e esclarecendo o que poderia ser realizado. E, com muito trabalho, mesmo quase sem nenhum recurso, fizemos o que precisava ser feito”, disse. “Enfrentamos a crise e, com muita coragem, mesmo adotando medidas impopulares, realizamos muitos projetos que fazem a diferença hoje e farão ainda mais no futuro”.

De acordo com ele, 2018 será um ano de desafios. “A sociedade exige ações, quer respostas. Então, este, mais do que nunca, será um ano de mudanças e transformações para os municípios, o Estado e o país”, declarou.

Sartori disse que, além de não comercializar as ações do Banrisul com valor abaixo do mercado, não pretende sob nenhuma hipótese vender o controle da estatal, “conforme andaram anunciando”, observou.

Segurança

Entre alguns dos aspectos salientados, o governador chamou a atenção para todas as medidas tomadas na área de Segurança, desde a realização de concursos, a nomeação de aprovados em concursos anteriores, entrega de viaturas, promoção dos policiais, além de outras medidas em andamento.

Para o chefe do Executivo, a reforma estrutural foi fundamental não somente para a atualidade, mas para o futuro da população. “Reduzi o número de secretarias de 27 para 17, cortei 35% dos cargos em comissão (CCs), cortei diárias e viagens, além de combater a sonegação, só para citar algumas das medidas adotadas logo que assumimos o governo”, explicou.

O governador encerrou o encontro afirmando que a hora é de enfrentar os problemas com coragem, transparência e responsabilidade. “É o que costumo dizer: sempre em frente, se não der, enfrente”, afirmou.

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários