Trensurb em Novo Hamburgo deve ganhar posto da Delegacia da Mulher

por Jornal Canudos

Novo Hamburgo poderá ganhar, em breve, um posto avançado da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), responsável pelo acolhimento e atendimento de denúncias, por exemplo, de violência doméstica, em uma das estações do Trensurb disponíveis no Município.

O local deve contar com sala ou auditório, com o objetivo de capacitar e promover encontros; além de espaço para atendimento especializado. Na segunda-feira (1º), representantes da Polícia Civil, Trensurb, Movimento #Paz e Procuradoria Especial da Mulher visitaram e inspecionaram as estações Santo Afonso, Fenac e Novo Hamburgo.

Segundo a delegada titular da Deam Raquel Peixoto, os atendimentos de quatro programas no novo local (veja abaixo) podem ter início no final do ano, sendo o registro de ocorrências possivelmente realizado a partir de 2019.

Para o delegado Rosalino Seara, diretor da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, a infraestrutura das estações e a facilidade de acesso são características importantes para o sucesso da iniciativa.

A proposta já havia sido discutida em agosto, em Porto Alegre, durante reunião entre representantes da Procuradoria e da Polícia Civil. Na época, a ideia era realizar a instalação do projeto-piloto na estação Novo Hamburgo.

Programas

- “Mediar”: instituído em 2013, media conflitos na esfera policial;

- “Papo de Responsa”: voltado a crianças e jovens, promove ações preventivas e informativas em relação à violência e às drogas;

- “Mais Garantias”: registros de ocorrência, palestras educativas e atendimento especializado a mulheres e idosos, através da Delegacia Móvel;

“Homem, sim. Consciente também”: oferece assistência psicológica à mulher vítima de violência e ao autor, independente de boletim de ocorrência.

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários