Alunos da EMEF Marcos Moog se tornam Guardiões do Parcão

por Jornal Canudos

Na terça-feira (19) a turma do 3º ano B da EMEF Marcos Moog, no bairro Jardim Mauá, fez um passeio de estudos no Parque Municipal Henrique Luis Roessler (Parcão), com o objetivo de conhecer um pouco mais sobre o projeto “Conexão Parcão: amigos e guardiões”. Ao Jornal Canudos, eles relataram como foi participar da ação.

As professoras Adriana e Cláudia, responsáveis por este projeto, explicaram que ele foi criado “para conscientizar, conhecer, interagir e comprometer os alunos e a comunidade das cinco escolas próximas ao Parcão a cuidá-lo, principalmente porque após a revitalização do espaço em 2017 houve um aumento significativo no número de visitantes”.

Iniciamos com uma conversa, na sala de educação ambiental, onde as professoras explicaram sobre a natureza do Parcão e cuidados com o mesmo durante a trilha orientada. Nesse espaço observamos animais encontrados mortos, empalhados ou colocados no formol. Também estavam expostas fotos da fauna e flora do parque.

Depois colocamos os coletes dos Guardiões do Parcão, alimentamos as tartarugas do lago e seguimos em direção à trilha, onde encontramos tocas de lagostim (animal mascote do Parcão, por ser encontrado somente lá) e cogumelos (inclusive aprendemos que alguns são venenosos e outros comestíveis). Nos aventuramos a descer correndo por um caminho íngreme e árvores de pinheiros que impedem o crescimento de outras plantas (como os pássaros não se alimentam delas, serão removidas).

Terminamos a trilha na nascente do arroio Wiesenthal, fizemos um ritual onde nos tornamos Guardiões do Parcão, com direito a pintura no rosto com tinta de urucum, que também encontramos lá.

Gostamos do passeio de estudo, pois aprendemos muito como cuidar, explorar e alertar a comunidade sobre a importância de se ter uma área verde onde todos podem aproveitar e contemplar a natureza.

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários