CTG Essência da Tradição busca patrocínios para disputa de festivais

por Jornal Canudos

Dois grupos de jovens do CTG Estância da Tradição, do bairro Canudos, em Novo Hamburgo, estão em clima de expectativa. Eles participam, nos próximos meses, de dois eventos na cidade de Santa Maria, na região Central do estado, voltados à tradição gaúcha.

O grupo mirim, formado por 24 integrantes com idades entre seis e 14 anos, está com vaga garantida no 24º FestMirim, entre os dias 27 a 29 de julho, e o juvenil, com 32 integrantes de 14 a 17 anos, participa do 16º JuvEnart, de 3 a 5 de agosto.

Há um entrave, porém, nesta história: o custo total da inscrição, preparação, confecção de materiais, produzidos artesanalmente, além da contratação de profissionais, transporte e hospedagem, gira em torno de R$ 25 mil para os juvenis e mais R$ 18 mil para os mirins.

“A comunidade está nos auxiliando por meio de venda de rifas, meio frango, jantares e patrocínios, mas o valor ainda não é suficiente”, explica o patrão do Essência da Tradição, Edmilson Fraga.

Uma destas ações ocorreu na esquina da Rua Ícaro com a Avenida Victor Hugo Kunz, no sábado (9), quando o CTG, com apoio dos coordenadores e da Guarda Municipal, promoveu um pedágio solidário, também com o objetivo de arrecadar recursos. É o segundo ano que a ação é feita. Segundo Edmilson, é o segundo ano em que a ação é feita.

“Todo mundo se ajuda. É muito bom, um sentimento sem explicação”, diz a estudante Marya Vitória Lazaretti, 17 anos, participante do grupo. Para João Gabriel Guimarães, 13, o CTG é como se fosse uma segunda família. “Estando ali, damos real valor para nossa cultura”, afirma. “Com certeza, é uma ação que envolve o grupo e dá certo. Às vezes, lá atrás algum motorista buzina, pedindo para que busquemos o dinheiro”, conta uma das coordenadoras do grupo, Sirlei Guimarães.

Formação

Não é a primeira vez que o Essência da Tradição participa das competições, embora seja o único CTG de Novo Hamburgo classificado ao JuvEnart 2018, a partir da colocação geral conquistada no ano passado. Outros 47 Centros de Tradições Gaúchas também se garantiram desta forma, e ainda mais 72 equipes buscam dez outras vagas. No âmbito da 30ª Região Tradicionalista, à qual o Município faz parte, apenas outros três se classificaram.

“É um trabalho que estamos fazendo continuamente. Para este ano, investimos forte, mas iniciamos o planejamento ainda em outubro de 2017. O Essência da Tradição deixou de ser simplesmente um local de onde os jovens saíam para outros CTGs e passou a manter integrantes aqui, ser formador de talentos”, diz Fraga. O investimento inclui a contratação do coreógrafo Alex Balaka, que, em 2017, venceu a competição com o Rancho da Saudade, de Cachoeirinha.

Por enquanto, o tema das danças é segredo, bem como a coreografia e a música do concurso, que devem ser inéditas. Os ensaios, que ocorrem duas vezes por semana na sede do Essência, são fechados até mesmo para os pais. O público somente ficará sabendo nas pré-estreias, marcadas para os dias 23 de junho (mirim) e 7 de julho (juvenil).

Para ajudar

- O CTG Essência da Tradição fica na Rua Nicolae Vasilescu, 384, no bairro Canudos, e pode ser contatado pelo telefone (51) 99746-2032, com Edmilson.

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários