Aulas são suspensas nas escolas municipais de Novo Hamburgo na segunda-feira

por Jornal Canudos

A Prefeitura de Novo Hamburgo suspendeu as aulas em todas as escolas municipais na segunda-feira (28), em razão da mobilização dos caminhoneiros. A informação foi divulgada ainda na tarde de sexta-feira (25), e é justificada, conforme o Executivo, pelo "desabastecimento de alimentos para a merenda escolar, de gás e de dificuldade de deslocamento de funcionários e alunos".

A situação será reavaliada também na segunda-feira. A rede pública municipal inclui escolas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

A inauguração da EMEI Caracol no bairro Primavera, que estava programada para o mesmo dia, foi cancelada. 

Outros serviços

Conforme a Prefeitura, outros serviços também foram afetados em virtude da mobilização. A Unidade Básica de Saúde (UBS) Santo Afonso atende com horário reduzido neste sábado (26) e domingo (27). O funcionamento será das 8h às 12h.

O evento da 21ª Campanha de Prevenção ao Câncer de Boca, que ocorreria neste sábado, 26, no Espaço Albano Hartz, em que seriam realizados 300 exames preventivos, também foi cancelado devido às limitações no deslocamento.

A etapa da natação da Olimpíada Escolar 2018, prevista para este sábado (26), na Sociedade Ginástica Novo Hamburgo, será transferida para outra data.

Comusa

O abastecimento de água na cidade é normal e não há previsão de desabastecimento. A única alteração em relação aos serviços se dá na realização dos consertos de vazamentos. Segundo a Prefeitura, desde quinta-feira (24) os caminhões da empresa terceirizada que dão apoio nos trabalhos estão trancados em função da greve.

A autarquia tem buscado diminuir o consumo de combustíveis entre os veículos da frota. Com isso, estão sendo priorizados os reparos de vazamentos de maior impacto, e os prazos para as execuções desses serviços foram estendidos.

Saúde

O Hospital Municipal enfrenta problemas com o fornecimento de alguns insumos, mas, conforme o Executivo, estão sendo buscadas alternativas junto aos fornecedores para tentar minimizar os impactos. Também pode haver falta de profissional em algumas unidades de saúde por problemas no deslocamento.

O transporte de pacientes pela Secretaria Municipal de Saúde para Porto Alegre está sendo afetado e alguns deslocamentos cancelados, pois o combustível disponível está sendo guardado para casos de "extrema urgência".

Alguns pacientes que têm consultas agendadas para Porto Alegre também estão sendo impactados. Para evitar que os pacientes percam as consultas, a Secretaria Municipal de Saúde não está desmarcando com muita antecedência, pois está monitorando a situação e buscando alternativas.

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários