Hamburguenses elegem segurança, saúde e educação como prioridades da Consulta Popular

por Jornal Canudos

Segurança pública, saúde e educação foram as demandas escolhidas pelo Município de Novo Hamburgo como prioridades para a Consulta Popular 2018. A assembleia municipal que tratou do projeto ocorreu na segunda-feira (30), no Centro Administrativo Leopoldo Petry. O encontro foi promovido pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude) da cidade e pelo Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Sinos (Consinos).

Segundo o presidente do Comude de Novo Hamburgo, Claudiomiro da Fonseca, 159 pessoas estiveram presentes no encontro. "Foi uma participação bastante expressiva", comentou ao Jornal Canudos. "O governo do Estado nos repassou uma série de diretrizes previamente definidas, e a partir daí elencamos as prioridades para a cidade".

Na segunda-feira (14), uma nova assembleia com representantes da Prefeitura deve ser realizada na Universidade Feevale. Ainda não há horário definido.

A Consulta define o montante do orçamento estadual destinado a todas as regiões no ano seguinte. Para o Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) do Vale do Sinos, o valor estimado do repasse é de R$ 3.657.509,57. Em 2017, Novo Hamburgo foi uma das cidades que recebeu parte dos R$ 2,2 milhões por ter um mínimo de eleitores participantes. 

Neste ano, a Consulta Popular ocorre nos dias 26, 27 e 28 de junho, por meio de voto secreto pelo aplicativo, site ou mensagem SMS. Eleitores podem votar em uma das demandas, para a qual o Estado envia recursos do orçamento no ano seguinte.

Demandas definidas em 2018

Segurança pública - Novos equipamentos para o setor

Educação - Equipamentos para espaços pedagógicos para a EEEF Ayrton Senna da Silva

Saúde - Reforma e ampliação do Hospital Municipal

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários