Fevereiro foi o melhor mês de criação de vagas em dois anos no Município

por Jornal Canudos

O saldo de admissões no emprego formal em Novo Hamburgo atingiu, em fevereiro deste ano, o melhor índice em dois anos. A conclusão é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), índice atualizado todos os meses pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Foram criadas 2.783 oportunidades de trabalho na cidade no período. O número só é menor do que o registrado em março de 2016, quando haviam sido criadas 3.256 vagas no Município. Em janeiro de 2018, foram 2.711 vagas.

O índice de desligamentos, porém, também teve crescimento e atingiu o maior valor desde março do ano passado. Foram 2.790 demissões em fevereiro, contra 2.802 no último mês de referência e 2.312 em janeiro de 2018.

Com isso, a diferença entre admissões e desligamentos em Novo Hamburgo ficou negativa em sete pessoas, o que praticamente não altera o quadro registrado em janeiro, quando 399 pessoas foram contratadas a mais do que desligadas de seus cargos.

Opinião

Para o diretor do Trabalho da Prefeitura de Novo Hamburgo, Amilcar Schmidt, os dados demonstram uma crescente confiança no empresariado em investir no Município. “Mesmo que o saldo total não seja tão significativo, pelo número de admitidos e desligados ter sido praticamente igual, acreditamos que a tendência a partir de agora é aumentar a geração de empregos”, projeta.

Segundo ele, a cidade tem iniciativas que, mais do que gerar oportunidades, possibilitam que pessoas possam construir seus próprios negócios. “Temos dado atenção especial para projetos como a Sala do Empreendedor, que capacita pessoas da comunidade, e a própria Agência Municipal de Emprego, no sentido de não medir esforços para captar empresas aptas a contratar em Novo Hamburgo”, comenta.

Quem mais admitiu em fevereiro

Os nomes das profissões estão em conformidade com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) 2002

Vendedor de comércio varejista: 166

Faxineiro (a): 142

Auxiliar de escritório em geral: 142

Alimentador de linha de produção: 137

Trabalhador polivalente da confecção de calçados: 130

Assistente administrativo: 75

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários