Ouro no Pan, patinadora hamburguense Talitha Haas vive expectativa por Mundial

por Jornal Canudos

De volta de Bogotá, na Colômbia, de onde trouxe a medalha de ouro no Pan-Americano na categoria sênior, a patinadora hamburguense Talitha Dietrich Haas está em preparação e na expectativa para o mundial da categoria, a ser disputado na França em outubro. “Nosso maior desafio, sem dúvida, foi a altitude da cidade”, comentou ela, que esteve no Jornal Canudos.

É mais um pódio que se soma a outros, alguns inéditos: a jovem de 23 anos é a única mulher brasileira a conquistar uma medalha individual em um campeonato mundial, com o bronze em Freiburg, na Alemanha, em 2009. Ela também foi medalhista em duas edições dos Jogos Pan-Americanos: bronze em Guadalajara, no México, em 2011, e prata em Toronto, no Canadá, em 2015.

Na mais recente conquista, Talitha, que treina na Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo (SGNH) não foi sozinha. Ela participa do Quarteto Wheels on Fire, composto, também, por Nicolle Goi, Nayara Simões e Marcelle Guimarães, embora a hamburguense tenha iniciado no esporte no individual mesmo, logo aos 6 anos de idade.    

Para ir ao mundial na Europa, Talitha e a equipe organizam uma vaquinha virtual, buscando R$ 50 mil. O link também está disponível na página do Instagram da atleta. Até o fechamento desta edição, 10% do valor já havia sido arrecadado.

Personalidade

Talvez uma das maiores personalidades de Novo Hamburgo, ela já carregou a Tocha Olímpica na passagem por Novo Hamburgo e, recentemente, a Chama da Pátria, no mais recente Desfile de 7 de Setembro.
Mas ela quer mais, e fala com humildade. Fundou a própria escola em São Leopoldo para ensinar crianças e tem planos de desenvolver um projeto social, no futuro. “Sabemos da dificuldade, muitas vezes, de conseguir patrocínios, mas este apoio que o Município dá é maravilhoso, e quero seguir em frente”, encerra.

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários