Projeto social forma campeões em academia do bairro Canudos

por Jornal Canudos

Uma academia formadora de campeões. Assim é a Kim Yu Shin, estabelecida na Rua Bartolomeu de Gusmão, no bairro Canudos, e que oferece múltiplas modalidades de treinamento e condicionamento físico, como taekwondo, Muay Thai, Krav Maga, taefit, dança do ventre, jazz e balé.

A Kim Yu Shin, fundada há 15 anos pelo mestre Chico Chagas, também desenvolve um projeto de cunho social, tanto na sede, quanto em outro espaço, na Rua Presidente Costa e Silva, no qual crianças de 6 a 14 anos podem se inscrever para ter aulas gratuitas uma vez por semana no contraturno escolar. Atualmente, a ação atende cerca de 30 alunos. “É preciso que elas estejam estudando, e também cobramos boas notas”, diz Chagas.

Segundo ele, três estudantes que iniciaram no projeto já chegaram ao nível de faixa preta. “Nós desenvolvemos esta ação para resgatar estas crianças, proporcionar uma mudança para elas por meio do esporte”, conta ele. “Pregamos disciplina e respeito, que são as bases das artes marciais”.

A academia é presença recorrente em competições regionais, estaduais e regionais, acumulando, ainda, diversos títulos.

Em família

Entre os alunos da academia está Jeferson Josué Soares, 19 anos, invicto entre os faixas pretas nas competições que disputa. O jovem canudense, que iniciou aprendendo o taekwondo aos oito anos por incentivo da mãe, hoje dá aulas na Kim Yu Shin. “Aprendemos muito a ter humildade, é sem dúvida uma evolução espiritual”, comenta. “O esporte me trouxe muito autocontrole. Sinto que sou um exemplo para as crianças”.

A esposa de Chagas, Eliane Avila, 33, também é instrutora, e a filha do casal, Emanuele Mariane, 8, já segue os exemplos dos pais, pois, assim como eles, detém sua própria faixa preta. “O taekwondo sempre foi uma brincadeira para ela, mas nós tratamos como coisa séria. O primeiro campeonato ela disputou com seis anos. Com sete, ela já era detentora da faixa”, orgulha-se a mãe.

Outras modalidades

“O Krav Maga é uma modalidade de defesa pessoal. Geralmente quem treina são empresários e pessoas com receio de sequestros, já que ele e útil nestes casos”, afirma Chagas. Já as demais entram no rol de atividades físicas.

“A dança do ventre, voltada às mulheres, desperta a sensualidade, faz com que ela se sinta melhor; o taefit é mais de curta duração, para perda de gordura. E o balé é voltado apenas para as crianças”, lista Eliane.

Para conferir

- A Kim Yu Shin fica na Rua Bartolomeu de Gusmão, 562, e o projeto social, na Rua Presidente Costa e Silva, 1553.

- As inscrições para o projeto estão abertas. Para informações sobre datas e horários, o local pode ser contatado pelo telefone (51) 3525-4352.

 

Deixe seu comentário

Comentar sem criar conta

0
Termos e Condições.

Comentários